Marketing

Como Promover sua Música com uma Estratégia de Marketing

music-marketing-blue-vinyl

Seja você um intérprete, compositor, DJ, cantor ou banda, o marketing de música é essencial se você quer vender, com sucesso, a sua música, engajar seus fãs e conseguir shows.

Nunca foi tão fácil para os músicos promoveram seus trabalhos com novas tecnologias provocando contínuas turbulências na indústria. Outrossim, os músicos enfrentam ainda o desafio de vender e conseguir crédito para as suas criações. Já se foram os dias quando nos dirigíamos à loja de discos local para comprar o último álbum do nosso cantor favorito. Agora, nós nos subscrevemos nos serviços de streaming de música e assistimos os vídeos musicais no YouTube. Assim sendo, como os músicos podem ganhar dinheiro neste mercado mutante e saturado?

Se você está em início de carreira, ou é um profissional experiente, há vários modos de divulgar seu trabalho como músico sem precisar contratar um empresário artístico ou uma agência de marketing. Nós vamos abordar as melhores maneiras de você promover se e promover seu trabalho sem quebrar sua conta bancária. 

  1. Crie uma marca

  2. Lance um site

  3. Entre para as mídias sociais

  4. Crie postagens nas plataformas de compartilhamento de música

  5. Tenha tudo documentado

  6. Colabore com influenciadores do mercado da música

  7. Reveja as táticas de marketing musical da velha escola 

1. Crie uma marca

Você é um músico. Mas você também personifica um negócio. O que significa que você precisa criar uma marca expressiva para se destacar na multidão. 

O que isso tudo significa? Imagine um cantora famosa, digamos, a Beyonce. Qual a primeira coisa que vem à sua cabeça? Provavelmente palavras como “cantora extraordinária”, e também “intensa”, “empoderadora”, “Queen Bey”. Todos estes elementos se somam formando uma imagem mental ou marca. Reflita sobre como poderia ser a sua marca desde o início. Sua marca será parte integrante de cada conteúdo, e precisa de uma presença forte em todas as plataformas e promoções daqui por diante.

Por onde começar?

Já que os músicos são pessoas criativas, você deve ser capaz de criar sua própria marca sem a ajudar de uma agência de marketing. Ainda que o branding não seja o seu forte (trocadilho), existem várias ferramentas no mercado que fornecem ótimos templates para você começar. 

Recursos de design simples como o Fotor disponibilizam excelentes modelos que você pode usar como ponto de partida para criar sua marca e logo. Pode ser algo tão simples como seu nome em uma fonte específica e um esquema de cores que simbolize a sua identidade visual. Tenha em mente o gênero e a vibe da sua música ao criar a sua marca. Uma marca de DJ, por exemplo, poderia incluir letras de imprensa grossas e uma paleta de cores com preto, e rosa e azul fluorescentes. Um cantor de música country poderia ter um logo com predominância de cores terrosas e imagens combinando com o gênero.

Various music-themed templates from Fotor

Não deixe de anotar as fontes e cores que você usou, de maneira que você possa usá-las em uma outra criação futuramente. Isso será igualmente proveitoso quando você mesmo criar o merchandise da sua banda sobre o qual falaremos posteriormente.

2. Lance um site

Do mesmo modo, existem algumas ótimas plataformas por aí, como a Squarespace, WIX e Shopify que fornecem modelos personalizáveis para ajudá-lo a fazer sua próprio site de marketing de música. Você deve usar seu site para vender sua música e apresentá-la de forma proeminente na sua página.

Seu site servirá também como um lugar para os seus fãs obterão informarem-se sobre os próximos show e para comprar ingressos. Mesmo que você não tenha nenhum show em vista, seu site de música deve conter seus detalhes de contato ou um formulário de contato para que seus clientes possam contratá-lo para um evento particular. 

Ao criar o seu site, tenha em mente a sua marca, e inclua seu logo, fontes, cores e imagens consistentes.

vlog-editing-beginners

3. Entre para as mídias sociais

Publicações cruzadas

Crie contas no Facebook, Instagram, Twitter ou YouTube. Pode parecer coisa demais para gerir, mas você pode redirecionar e postar o mesmo conteúdo em várias plataformas utilizando ferramentas de agendamento como o Coshedule ou o Hootsuite. Você poderia criar um vídeo musical para o YouTube, depois cortá-lo e postar um teaser de clipe de 5-10 segundos no Instagram e Facebook, e então tuitar sobre o seu novo lançamento colocando o  link no Twitter.

Crie uma fanpage

Se você estiver preocupado em fazer crescer sua audiência a partir do zero, um truque que você pode tentar é transformar suas contas pessoais já exitentes em uma conta da sua marca. Desse modo, você manterá todos os seguidores existentes que já estão engajados. Isto funciona na maioria das plataformas, excetuando-se o Facebook, devido às suas políticas restritas para página empresarial. Apenas certifique-se de que tudo que você postar tenha a sua marca. Altere a foto do seu perfil substituindo-a pelo seu logo e atualize a sua seção ‘bio / sobre’ para descrever sua música e o que você faz. Não esqueça de incluir #hashtags e emojis relevantes 🎧🎶🎸🎹.

Engaje seus fãs

Cative os fãs já existentes antes de localizar os novos. Quer você tenha 5 ou 500 seguidores, primeiramente transforme-os nos seus maiores fãs. Engaje-os, solicitando-os a participar do seu processo. Tente usar o recurso “faça uma pergunta” do seu Instagram stories para obter um input ou colaboração do fã, ao denominar suas músicas, por exemplo. 

Promova a sua música

Você poderia promover seu próximo show ou álbum realizando competições para ganhar ingressos para o show ou um kit com material de publicidade assinado. Experimente streaming ao vivo de algumas cenas filmadas pré-show, ‘dos bastidores’,  para criar hype.

Publicidade paga é outra maneira econômica de promover sua música. Pela pequena quantia de $10 você pode impulsionar suas postagens no Facebook ou Instagram, posicionando-os à frente da audiência certa. Foque suas campanhas nas pessoas que já estão interessadas no seu gênero.

music-marketing-promote

4. Publique nas plataformas de compartilhamento de música

Além da mídia social, você poderia estar nas plataformas de compartilhamento de música como Spotify ou Soundcloud. Estas plataformas são ótimas, não só para promover e vender sua música, mas são também capazes de receber feedback / ver como seus fãs reagem à sua música.

Antes de escolher uma plataforma, pense sobre a plataforma que melhor se encaixa ao seu gênero e onde seus fãs mais provavelmente estariam. Por exemplo, eletrônica / house seriam mais adequadas para plataformas como a Soundcloud. Leve em consideração também os recursos e custos de cada plataformam antes de tomar sua decisão.

music-marketing-sharing-platforms

5. Tenha tudo documentado

Atualmente, o vídeo marketing é tudo.  Estamos obcecados em saber mais sobre você como artista, e não existe melhor maneira de compartilhar esta informação com seus fãs do que por meio de um vlog. Ele pode ser um misto de conteúdo musical e não-musical, simplesmente documente cada passo da sua jornada com a gravação de um vídeo.

Não há necessidade de sair procurando seu próprio cinegrafista e equipe de edição, você pode simplesmente gravar com seu celular e ficar ligado nestas dicas e truques para criar um clipe da melhor qualidade.

Se você está sem ideias, eis algumas tópicos de vlogs de música para você começar: 

  • Fatos engraçados sobre você ou como a sua banda começou

  • O verdadeiro significado por trás das letras das suas canções

  • Um vídeo musical para a sua música 

  • Seus hábitos ou coisas favoritas, ou até mesmo o que você costuma comer no café da manhã.

  • Ensine-nos como tocar uma música (tutorial) 

  • Cenas por trás das câmeras (em um estúdio de gravação ou bastidores) 

  • Uma gravação do seu show

  • Covers e mashups 

O Clipchamp disponibiliza templates totalmente personalizáveis para ajudá-lo a começar. Basta trocar o áudio pela sua própria faixa e adicionar o nome da sua banda ou logo. Você pode substituir toda a filmagem pela sua própria , ou escolher a partir de um estoque com  40k de arquivos de vídeo, se você se sentir um pouco tímido diante de uma câmera.

Usar este template

Usar este template

Usar este template

Usar este template

Adicionar música aos seus vídeos sociais ajuda a despertar emoção. Se você estiver sem ideias, leia este guia de como fazer para adicionar música com facilidade a um vídeoclipe. Depois de criar o seu vídeo, você pode readaptá-lo para outras estratégias de marketing de música. Poste seu vídeo no YouTube ou Vimeo, como também no seu site, e siga nossas dicas de postagens nas mídias sociais acimas mencionadas.

6. Colabore com os influenciadores do mercado da música

Parte da sua estratégia de marketing musical deveria ser colaborar com os grandes influenciadores musicais no seu setor. Vá ao alcance dos influenciadores no seu gênero e pergunte se eles gostariam de colaborar em uma faixa. Mesmo que seja um amigo, colaborar com alguns micro influenciadores possibilita promoções cruzadas, conseguir exposição nas plataformas uns dos outros e potencializar suas comunidades.

Uma outra opção é contatar determinados podcasts sobre música para uma entrevista, localizar um recurso em um blog de música ou tocar ao vivo em uma rádio. As oportunidades são infinitas. 

7. Reveja as táticas de marketing de música da velha escola 

Não se esqueça das táticas de marketing offline que ainda funcionam realmente bem para promover sua música ou banda. Por exemplo: 

  • Pergunte se você pode fixar panfletos ou posters na sua loja de música local ou próximo do seu local.

  • Envie e-mail com boletins informativos para seus fãs com o calendário da próxima turnê e música que estão prestes a ser lançadas.  

  • Cria e venda material publicitário da banda como camisetas. É uma promoção gratuita quando seus fãs as usam! Outro merchandise poderia inclulir posters, adesivos, cases de celular, videos de aula de música, e muito mais. 

Você pode tambem vender CDs e vinis assinados fisicamente; sim, as pessoas ainda os compram! Venda anual de discos de vinil nos EUA subiram, efetivamente, cerca de 15 vezes nos últimos 12 anos.

Comece a criar vídeo com o Clipchamp Create gratuitamente.